segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Hipotiroidismo



Como podemos acompanhar a poucas horas a atras o ex-jogador do Corinthians, Ronaldo Fenomeno durante sua coletiva de despedida do mundo da bola relatou ter hipotiroidismo por este motivo sua dificuldade em perder peso.
Mas afinal o que é esse mal que afeta tantas pessoas???O que é o hipotiroidismo????
Antes de responder a estas perguntas vamos entender o sistema endócrino a tireóide:



Hipotálamo:Responsavel por liberar hormonios gonadotróficos, estes hormonios nas mulheres sua glândula-alvo são os ovários e nos homens são os testículos.O sistema nervoso controla o comportamento sexual via sistema endócrino. O hipotálamo também controla a hipófise por meio de conexões neurais.
Hipófise:Ela exerce efeitos sobre órgãos não-endócrino e também atuam sobre glandulas endócrinas, comandando a secreção de outros hormonios.
Tireóide:Está é responsavel pela secreção de dois hormonios; triiodotironina (T3) e tiroxina (T4) que elevam a taxa de metabolização do organismo.
Paratireóide:Secretam o hormonio que é responsavel pela estimulação da remoção de cálcio da matriz óssea.
Pancreas:É uma glândula mista ou anfícrina – apresenta determinadas regiões endócrinas e determinadas regiões exócrinas (da porção secretora partem dutos que lançam as secreções para o interior da cavidade intestinal) ao mesmo tempo. As chamadas ilhotas de Langerhans são a porção endócrina, onde estão as células que secretam os dois hormônios: insulina e glucagon, que atuam no metabolismo da glicose.

O sistema endócrino é um conjunto de órgãos que tem como atividade a produção de secreções denominadas hormonios, que são lançados na corrente sanguínea atuam em outras partes do organismo.
São dois os tipos de hormonios secretados; os hormonios locais, que atuam sobre as células ao redor do órgão secretor, os hormonios tipo; acetilcolina, histamina e os hormonios gastrintestinais. E os hormonios gerais, que são lançados na corrente sanguínea por glandulas endócrinas. Hormonios como o do crescimento, secretado pela glandula hipófise e a tiroxina , secretada pela tireóide que atuam sobre todas as células do corpo, as glandulas hipófise também secreta os hormonios gonadotrópicos que atuam sobre os órgãos sexuais.

Funções reguladoras dos hormonios: a tiroxina, secretada pela glandula tireóide, controla a intensidade do metabolismo de todas as células (fisiologia, Guyton)

A hipófise secreta o hormonio tiroestimulante, tirotropina que controla a secreção da glandula tireóide. Quando a hipófise deixa de secretar tirotropina, a glandula tireóide apresenta um grau de incapacidade, praticamente deixando de secretar qualquer hormonio.

Mecanismo de ação da tiroxina: a tiroxina acelera muito a intensidade do metabolismo de todas as células.
Muitas enzimas celulares que entram em contato com a tiroxina ficam aumentadas, e como estas são reguladoras das reações químicas celulares, aumentando a intensidade do metabolismo celular.
Como a tiroxina age sobre totalidade dos tecidos do corpo, ela regula a intensidade global da atividade de todas as funções do corpo.

Efeito sobre o metabolismo corporal total: a falta de produção de tiroxina pela glandula tireóide reduz o metabolismo até metade do normal. A produção excessiva da tiroxina também pode causar alterações, como, aumentar o metabolismo até o dobro do normal.
A tiroxina faz com que o corpo queime todos os seus carboidratos disponíveis de forma muito rápida e, em seguida, reduzir de modo acentuado as reservas de gordura. Devido a isto as pessoas que apresentam excessiva produção de tiroxina costuma perder peso, algumas vezes de modo muito rapido. Pessoas com produção menor que a normal de tiroxina, apresenta obesidade.

Regulação da produção de tiroxina: primeiramente o controle da intensidade de secreção de tirotropina é a concentração de tiroxina no sangue circulante e a intensidade do metabolismo ficam diminuido, a intensidade da secreção de tirotropina aumenta de modo automático, que como consequencia a de tiroxina também, elevando o metabolismo até o normal.
Mas se a intensidade do metabolismo estiver acima do normal, o hipotálamo reduz sua secreção de tirotropina, o que reduz a tiroxina e a intensidade do metabolismo até o normal.

O que é o hipotiroidismo?
Hipotireoidismo é um distúrbio que cursa com a falta de hormônio da tireóide (“tireóide preguiçosa”). O hipotireoidismo é a doença mais comum da tireóide. Ocorre mais freqüentemente em mulheres que em homens, é mais comum em pessoas de mais idade, e pode ter uma característica familial (atingir vários membros de uma mesma família).( Dr. Leandro Diehl, do site portal endocrino)

Sintomas:

* Cansaço;

* Depressão;

* Adinamia (falta de iniciativa);

* Pele seca e fria;

* Prisão de ventre;

* Diminuição da frequência cardíaca;

* Decréscimo da atividade cerebral;

* Voz mais grossa como a de um disco em baixa rotação;

* Mixedema (inchaço duro);

* Diminuição do apetite;

* Sonolência

* Reflexos mais vagarosos

* Intolerância ao frio

* Alterações menstruais e na potência e libido dos homens.
(site Drauzio Varella)

Fisioterapia:
A fisioterapia vai auxiliar a minimizar os sintomas ocasionados pelo hipotiroidismo, claro que este trabalho é sempre associado ao tratamento medicamentoso indicado pelo seu médico.
È importante trabalhar a perda de peso desses pacientes, como também sua parte cardiovascular; exercícios aérobicos podem auxiliar em ambas as partes, mas lembre-se sempre antes de desenvolver qualquer protocolo para seu paciente, faça uma avaliação. Uma avaliação bem feita é o principal para qualquer tratamento. Pois atender um paciente não é como fazer bolo, não tem receita.
Estar sempre estimulando o paciente, para melhorar sua sonolencia, e o desanimo causado pelo hipotiroidismo.


Até a proxima....














2 comentários:

  1. Olá, blogueiro(a)!

    Através do programa Saúde Não Tem Preço, agora os brasileiros passam a ter acesso gratuito aos medicamentos para controle da diabetes e hipertensão.
    Seja nosso parceiro e utilize seu espaço para divulgar esta novidade. Se tiver interesse em colocar algum material da campanha em seu blog, entre em contato com comunicacao@saude.gov.br

    Para saber mais sobre a campanha, acesse: www.saudenaotempreco.comVocê também pode nos seguir no Twitter: www.twitter.com/minsaudeObrigado,
    Ministério da Saúde

    ResponderExcluir
  2. Nossa muito bom esse blog, bastante informativo, gostei.

    ResponderExcluir